BENEFÍCIOS DA FITOTERAPIA

26/11/2020
O uso da fitoterapia como um tratamento não convencional (alopático) e como primeira escolha farmacológica está ganhando reconhecimento considerável e popularidade tanto para os profissionais da saúde quanto para o público final.
Atualmente os profissionais de saúde que possuem habilitação para prescrição (em acordo com as restrições estabelecidas pelo conselho de sua categoria) são os farmacêuticos, médicos, fisioterapeutas, biomédicos, enfermeiros, cirurgiões-dentistas, médicos veterinários e nutricionista.
É crescente o número de pesquisas e publicações sobre o mecanismo de ação, propriedades e benefícios dos princípios ativos dos fitoterápicos.
A fitoterapia abrange um cenário enorme de possibilidades pela sua variedade de gêneros e espécies de plantas, assim como a escolha na prescrição dos seus princípios ativos.
Dentro do universo feminino e masculino seja ele físiológico, metabólico ou bioquímico, podemos desfrutar dos diferentes mecanismos de ação dos fitoterápicos, bem como dos alimentos, seja através de ingestão ou suplementação de nutrientes e compostos bioativos para prevenção e tratamento dos desequilíbrios que acometem a saúde da mulher e do homem nos seus diferentes ciclos da vida.
Além de serem de baixo custo os medicamentos procedentes de fitoterápicos tem menos chances de causar efeitos colaterais, bem como, causar dependência.
Saiba mais em nosso cursos: "Nutrição nas Diversas Fases da Saúde da Mulher e do Homem" e "Suplementação Nutricional na Prática Clínica" são abordados tratamentos e prescrição clínica.